Olha o nível! PSB diz que não quer ser "Viagra da direita".

O vice-presidente do PSB, ex-ministro Roberto Amaral (Ciência e Tecnologia), afirma que o seu partido "não servirá de Viagra da direita", numa referência a críticas ao governo Dilma Rousseff que serviriam de mote a uma eventual candidatura do governador Eduardo Campos (PSB-PE) a presidente em 2014.

Na semana passada, circulou a informação de que Campos pretende se encontrar com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para afirmar que está decidido a disputar o Palácio do Planalto como adversário de Dilma Rousseff, candidata à reeleição. Para embasar a pré-campanha, Campos adotaria um discurso crítico à política econômica e apresentaria soluções ao empresariado.

"Não seremos Viagra da direita. Não vamos resolver o problema da oposição brasileira. O processo de centro-esquerda não é do PT, é um processo histórico. Nós nos sentimos responsáveis por esse processo. Jamais vamos cuspir neste prato, temos responsabilidade, temos dois ministérios (Integração Nacional e Pesca)", afirmou Amaral.

Amaral nega haver uma definição por parte de Campos e do PSB a respeito da eleição de 2014. "Há muita boataria. Muita gente jovem que quer ficar bem com jornalista e fica dando informações que não são verdadeiras", disse. "Ele pode ser candidato? Pode. Pode ser que não seja? Pode também. Mas não vamos discutir isso com dois anos de antecedência", afirmou. "O PSB considera anti-republicana essa tentativa de encurtar o mandato de Dilma com essa discussão sobre eleição", completou o vice-presidente da legenda.

De qualquer maneira, Campos deve se encontrar com Lula e Dilma em evento organizado pelo PT no próximo dia 20, em São Paulo, para comemorar os dez anos do partido no poder. Como disse Amaral, Campos até pode ser candidato a presidente em 2014. Mas pode não ser também. Aí, é aquele filme conhecido da política brasileira: a retirada de uma quase candidatura vem sempre acompanhada de alguma fatura. (Estadão)

15 comentários

Mete o coturno Coronel! Já te avisei para não levar em conta o que o neto de Miguel Arraes fala. Veja a origem do homem... Seu partido é de adesão, não de oposição. Coronel!!!!, toma tino.

Reply

rapaz, o pais esta um hospício completo!

sujeito que apoia o governo mas ao mesmo tempo quer destronar a rainha...

Reply

NORDESTINO, juntamente com os NORTISTAS, detem maioria no Congresso.

Se já mandam no Legislativo e parte do Executivo, só nos resta eleger um mandatário de outra região, que não seja destas duas.

Saudações do Extremo Sul.

Reply

Ficando no mesmo nível desse sujeito, se pode dizer que ele prefere o PSB como vaselina da esquerda - serve para aliviar um pouquinho os efeitos da brutalidade totalitária dos "companheiros", dando aos mais distraídos uma ilusão de pluralidade democrática.

Reply

...Campos adotaria um discurso crítico à política econômica e apresentaria soluções ao empresariado.

*Crítica à política econômica?!!

É um trotskista tentando dizer algo em economia "prum" marxista!!! Huahuahua... fala sério...

Reply

Sr Coronel:

Chega de lero lero,não sou politicamente correto,as coisa tem nome,os fatos estão ai.
Alguém tem que dizer em alto e bom som,chega de o nordeste mandar na política,sarney,renan, collor,agrepino,toninho malvadesa,vilela,irmãos gomes,henrique alves,lobão,o gov da paraiba tadinho quanto enfeite,eduardo o filho da mãe,nomeou a mãe para fazer besteita no tcu,tem mais safados ai.
Coronéis nordestinos são ladrões salafrários,que exploram um povo faminto semi e analfabeto,não é irmãos gomes,a "lage caiu",esse povo nordestino não tem forças para lutar contra essa corja que ai está.Não pode um eduardinho qualquer se vangloriar de esquerda,tenha consciência que o sr é um NEO-CORONEL,se não acredita olhe a seca em seu estado e o sr não faz nada,para melhorar a vida de seu povo,mas tem o apoio da grobo e da tv do pedir mais cedo,e mostram o sr distribuindo gotas d'agua para sedentos,metáfora bonita mas canalha
O povo nordestino pelo grau de miséria esta longe de poder escolher livremente e se livrar dessa raça maldita dos políticos nordestinos,o que um caminhão pipa faz é quebrar a espinha do cidadão nordestino,o eduardinho é popular ,sim nesse meio de miseráveis,uma gota d'agua pode ser um oceano.Sr eduardo o sr e sua quadrilha estão querendo fazer do Brasil um grande nordeste,não vai conseguir.
Chega

Saudações

Reply

Esse não é aquele cara que queria construir uma bomba atômica???

Reply
Despetralhando mod

O newcorené prefere ser o TAMPAX da corja petralha deste desgoverno sem vergonha e corrupto.

Reply

que homem burro e sem visão ! Enquanto esse Eduardo Campos já havia conseguido ao menos levantar uma “suspeita” de ser um político correto, defendendo valores que a sociedade preza, e até derretendo a resistência de muitos contra as “esquerdas”, esse imbecil vem com essa ofensa simplesmente REJEITANDO 50 milhões de votos. Pois eles que vão lá então disputar votos do PT ! Os nossos, seu burraldo ridículo, você acabou de perder !!!!!!!!!!!
Por isso que, mesmo criticando o PSDB por suas atitudes ou a falta dessas, nós devemos sim apoiá-los pois bem ou mal é o que nós temos a nosso favor.

Reply

PATÉTICO ! BURRO !
Deu um tiro no próprio pé e acabou de implodir qualquer chance do seu Campos ser eleito !

{é esse tipo de criatura que o Edu tem na sua equipe que pretende assumir a presidência ? Fujamos rapidinho.........]

Reply

Depois dessa o candidato do PSB pode dar um bye bye para qualquer chance em 2014.

Reply

O PT, Lula e Dilma nem precisam mais perder o sono com a concorrência – depois dessa declaração o Eduardo já era. Foi sem nunca ter sido. Ele nem precisa de inimigos com os “amigos e aliados” que ele tem.

Reply

A crítica do saudações do extremo sul tem apoio se forem APENAS PARA OS POLÍTICOS NORTE-NORDESTINOS, o povo é bom.

Reply

Ainda está pra nascer um político que mereça meu voto!

Não voto no Aécio!
Não voto no Eduardo Campos!
Não voto na Sonhática!
Não voto na Dilma!

Conclusão: Eu não tenho em quem votar!!!!


Chris/SP

Reply

Quem é mesmo esse roberto amô, amaral? Uma nulidade tão absoluta que nem para ministro de lullalau serviu, tendo sido posto de lado depois de um ano de incompetência. Se existisse uma espécie de viagra para a inteligência essa azêmola teria de tomar uma overdose.

Reply